Canção Nova se prepara para receber reconhecimento pontifício

No mesmo ano em que completou 30 anos de vida, a comunidade carismática católica Canção Nova tem mais um grande motivo para comemorar: será oficialmente reconhecida pela Santa Sé no dia 3 de novembro. O reconhecimento pontifício, que prevê a aprovação dos estatutos, eleva a Canção Nova à condição de Associação Internacional de Fiéis. No Brasil, das mais de 300 comunidades católicas, duas passam a contar com o reconhecimento do Papa: Canção Nova e Shalom, reconhecida no ano passado.

“Nosso estatuto é como um RG, é a nossa identidade. Sermos reconhecidos pelo Sumo Pontífice como Associação Internacional de Fiéis não só nos fortalece, no sentido de sabermos que estamos no caminho certo, como nos permite levar o nosso carisma a outras partes do mundo, tão carentes de evangelização”, diz o Monsenhor Jonas Abib, fundador da comunidade.

Para o fundador da Canção Nova, o reconhecimento é prova de que a Comunidade faz parte do Ministério do Papa, trabalhando como apóstolos da Igreja. “Isso é um sinal verde para nos expandirmos internacionalmente. Já temos casas de missão na Itália, Portugal, Estados Unidos, França e Terra Santa. Acabamos de enviar uma nova missão com sete pessoas para a Costa do Marfim e, em breve, mais um grupo de cinco missionários seguirá também para a Terra Santa. A vivacidade e a alegria com que o brasileiro realiza seu trabalho evangelizador encantam e ajudam a vencer obstáculos”.

Adriane Egashira
Depto. Comunicação – Assessoria de Imprensa
Fundação João Paulo II / Canção Nova