Evangelho da Semana (Mateus 21,33-43)

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo, Jesus disse aos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo: 33“Escutai esta outra parábola: Certo proprietário plantou uma vinha, pôs uma cerca em volta, fez nela um lagar para esmagar as uvas, e construiu uma torre de guarda. Depois, arrendou-a a vinhateiros, e viajou para o estrangeiro.
34Quando chegou o tempo da colheita, o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros para receber seus frutos. 35Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados, espancaram a um, mataram a outro, e ao terceiro apedrejaram.

36O proprietário mandou de novo outros empregados, em maior número do que os primeiros. Mas eles os trataram da mesma forma.
37Finalmente, o proprietário enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘Ao meu filho eles vão respeitar’.
38Os vinhateiros, porém, ao verem o filho, disseram entre si: ‘Este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!’ 39Então agarraram o filho, jogaram-no para fora da vinha e o mataram.
40Pois bem, quando o dono da vinha voltar, o que fará com esses vinhateiros?”
41Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam: “Com certeza mandará matar de modo violento esses perversos e arrendará a vinha a outros vinhateiros, que lhe entregarão os frutos no tempo certo”.

42Então Jesus lhes disse: “Vós nunca lestes nas Escrituras: ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isto foi feito pelo Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos?’
43Por isso, eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos”.

– Palavra da Salvação.
– Glória a vós, Senhor.

Ao refletir sobre o evangelho desta semana, confesso que fiquei preocupada. O que tenho feito com a vinha que Deus me deu para cuidar? Será que não tenho agido da mesma forma que estes vinhateiros ingratos e ambiciosos, que queriam sugar da vinha tudo o que ela poderia dar sem se voltar para o Senhor da vinha?

Bom, o que convido você a refletir nesta semana, e é o mesmo convite que faço a mim, é o que temos feito da vinha do Senhor? Você pode me perguntar: Como assim? Não tenho vinha nenhuma. No entanto, eu te digo, meu irmão, que tudo aquilo que hoje você tem foi Deus quem te deu. A sua vida, o seu emprego, família, filhos e até mesmo bens materiais…tudo é dádiva de Deus.

Acredite, Deus te deu tudo isso e quer dar mais ainda pra gerar frutos bons que levem o Reino d’Ele para as pessoas ao seu redor.

Quais frutos a sua vida tem gerado pra Deus? Frutos de bondade, paciência e amor ao próximo ou frutos de ingratidão, cobiça, inveja ou qualquer outro fruto infértil? Em gálatas 6, Paulo nos fala: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7).

Olhemos para as nossas semeaduras, pois se não semearmos e manejarmos bem a nossa vinha, na hora da colheita, correremos o risco de perder tudo. É triste, assustador, mas é a verdade. Não podemos andar pela vida fazendo coisas erradas e acreditar que a colheita será diferente. Não há como plantar arroz e colher feijão. Pensemos juntos, é o momento.

Por fim, gostaria de dizer que, na palavra, no versículo 43, Jesus fala: “Por isso eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos.” Não permitamos que isto aconteça conosco.

Boa semana e que Deus nos oriente!