Palavra da Coordenação RCC Viçosa – Junho de 2019


Perseveravam eles na doutrina dos apóstolos, na reunião em comum, na fração do pão e nas orações” (Atos 2, 42)

Ao final deste mês gostaria de partilhar um pouco com você sobre a importância da perseverança em nossa vida, pois entendo que a partir dela vamos vivenciando experiências que, além de fortalecer a nossa fé nos abrem novos caminhos que nos permitem, por sua vez, a colheita de saborosos frutos. Por meio da perseverança nos encontramos com uma resposta generosa de Deus, ou seja, com o derramamento do Seu Espírito Santo que nos capacita e fortalece, frente ao desafio da missão que confia a cada um de nós.

Diante disso, gostaria de relembrar que neste mês tivemos a oportunidade de celebrar como Igreja a grande Festa de Pentecostes, mas anterior a ela vivemos um Tríduo preparatório, que alimentou em nosso coração a feliz expectativa e a recordação de que vive e caminha junto de nós um Deus que é fiel cumpridor de promessas. Confesso, que para mim foi muito forte a experiência de poder reviver em nossos dias o que experimentaram tantos homens e mulheres de Deus, ou seja, o derramamento do Espirito Santo.

Por meio desse derramamento os primeiros cristãos receberam uma força e uma coragem nova, que os levou a experimentar algo jamais visto ou vivido em suas histórias particulares ou, mesmo, comunitária. Suas vidas foram tocadas e preenchidas por um sopro novo animando-os e impulsionando-os à evangelização por meio de palavras inspiradas, mas, principalmente, dando testemunhos de fé e coragem. Penso que esses foram alguns dos inúmeros frutos colhidos, não só por eles, mas também por toda Igreja que nascia; frutos que alimentam, até hoje, a cada um de nós.

Enfim, diante de tamanha experiência, sinto que Deus nos convida também à perseverança nas orações (pessoais e comunitárias), na leitura e partilha da Palavra, na vivência da Eucaristia, na oração do terço etc. para que, igualmente, sejamos revestidos da força do alto (Lc 24,49).

Portanto, seja qual for o estado em que você se encontra hoje, talvez preocupado (a), desanimado (a) ou mesmo sentindo-se abatido (a) pelo cansaço das lutas diárias, o convite é um só: Fica firme, não se afaste da comunidade, não se isole, mas pelo contrário, busque ajuda.

Em função do desânimo ou de tribulações diversas, muitas vezes temos a tentação de pensar que o melhor é nos afastarmos mesmo, é ficarmos sozinhos… não, esse não é o caminho, não se disperse, pois a Palavra nos ensina que é permanecendo unidos que daremos conta dos reveses da vida e não seremos levados pela força das tempestades. Encerro aqui este pequeno texto deixando um convite para que você venha participar conosco de nossos grupos de oração que se encontram espalhados pela cidade de Viçosa. Abaixo deixo o link para que encontre aquele grupo mais próximo de você. Desde já, seja bem vindo (a)!

Grupos de Oração em Viçosa