Professor Cônego José Geraldo Vidigal de Carvalho

Ao atingir a idade de 75 anos no dia 1º de dezembro último, o Professor Cônego José Geraldo Vidigal de Carvalho, que lecionou, desde 1967 no Seminário de Mariana, solicitou dispensa deste magistério. Ele ministrou História da Igreja e Oratória de 1967 a 1998, nos cursos de Teologia e Francês no Seminário Menor (desde 1977 até o seu fechamento), e, desde 1989, História da Filosofia Antiga e Medieval no Curso de Filosofia. Sua rica carreira magisterial iniciou em 1960 e nunca lhe faltou tempo para atividades pastorais em Viçosa, durante os paroquiatos de Pe. Carlos dos Reis Baêta Braga, Pe. Elias Bartolomeu Leoni e Pe. Paulo Dionê Quintão, até hoje.

O diácono José Geraldo Vidigal de Carvalho foi ordenado padre na Catedral Basílica de Mariana (MG) a 2/12/1956 e tornou-se Cônego Catedrático do Cabido Metropolitano a 3 de dezembro de 1961. Nascido a 1º/12/1933, em Viçosa, onde aprendeu as primeiras letras na escola da professora Argina Silvino Ferreira. Filósofo, especializou-se em História do Brasil e obteve certificados de cursos de extensão universitária como Jornalismo, Psicologia Dinâmica e Psicologia Experimental. Professor de História, Francês, Filosofia, Cultura Religiosa, Economia Política e Estatística, Eloqüência, Filosofia Antiga e Medieval, membro das academias Mineira, Municipalista, Marianense e Viçosense de Letras, assumiu a direção regional da Sociedade Brasileira de Filósofos Católicos, sendo também membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHGMG), da Società Internazionale Tommaso d’Aquino, da Sociedade Interamericana de Filosofia, da Academia Marial de Aparecida e da Academia de Letras e Artes Mater Salvatoris. Dirigiu o Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Ouro Preto (ICHS/Ufop), sendo membro da Fundação Marianense de Educação e detentor de vários títulos honoríficos.

Conferencista de congressos nacionais promovidos pela Sociedade Brasileira de Filósofos Católicos, e internacionais, como do Congresso Mundial de Filosofia Cristã em Córdoba, na Argentina (1979), do III Simpósio Teuto-brasileiro, em Bonn, na Alemanha (1981), do Simpósio “Os Cem Anos de Evangelização na América Latina e Centenário do Concílio Plenário da América Latina”, Cidade do Vaticano (1999), na Internet (Catolicanet) abordou temas teológicos, filosóficos, políticos e científicos e teve registrados seus trabalhos em provedores globais, sendo articulista de inúmeros jornais de circulação nacional e titular de programa semanal na Rede Católica de Rádio deste l9 95. Publicou quase duas dezenas de livros de real valor.

E foram principalmente nos cursinhos de Igreja de Viçosa e em toda a periferia de sua terra natal que sempre se sobressaiu sua empatia, estabelecida e conquistada por sua presença carismática, marcante e permanente entre os grupos de jovens católicos, desde 1969.

O momento do término de sua profícua carreira magisterial é oportuno para apresentarmos a Sua Revma. as nossas melhores homenagens, num sincero ósculo às suas santas mãos abençoadas, que tanto bem continuarão fazendo na administração dos sacramentos e na salvação das almas.

Orgulhamo-nos deste Ministro Sagrado, que tem cumprida agora uma brilhantíssima carreira magisterial, e há tantos anos em nosso meio, luzente de corpo e alma. Deus permita a muitos imitarem este exemplo e que Deus e Nossa Senhora o cumulem das mais copiosas bênçãos celestiais e abundantes graças de saúde e paz, para a Glória de Deus e o Bem das Almas.

Ad multos annos!

Amém.