[Semana da Família] Espiritualidade conjugal e familiar

Vivemos um tempo de martírio para as famílias! Os ataques internos e externos agem sobre elas, aceleradamente, com o intuito de, no mínimo, desfigurá-las!

Família nasce do coração de Deus e tudo que Deus pensa e faz é perfeito e bom! Porém, não é assim que vemos acontecer na atualidade. Tem-se a impressão que a mídia nos envolve de maneira tal, que tudo o que não é princípio de Deus é atual e normal.

Porém, a família cristã não pode conformar-se com esse mundo e deve procurar não se isolar; mas, fazer a diferença em todos os meios em que vive!

A espiritualidade dos batizados se manifesta a partir do batismo, em que o Espírito Santo faz morada em nós; e, com o avivamento do batismo, com a efusão diária do Espírito Santo, encontramos força e fé para vencermos as tentações do dia-a-dia!

O casal é o responsável em manter a espiritualidade na família. Entretanto, para que haja o envolvimento dos filhos nas práticas cristãs é necessário que o casal seja testemunha viva das graças alcançadas em razão da intimidade com Deus. Isso somente acontece através da oração diária, individual e junto, quando marido e mulher apresentam a Deus suas intenções e consagram suas famílias!

Segundo São Mateus, no Capítulo 7, versículos 24 a 27, Jesus nos aconselha a edificar a casa sobre a rocha: “aquele, pois, que ouve minhas palavras e as põe em prática é semelhante a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, sopraram os ventos e investiram contra aquela casa; ela porém, não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”.

Os versículos 25 e 26 dessa passagem nos dão o direcionamento perfeito de como edificar nossa casa sobre a rocha. É fundamentar nossos princípios e valores sobre a Palavra de Deus. Nela encontramos o direcionamento perfeito para vivermos família, conforme o projeto de Deus!

Com a oração que nos a leva à intimidade com Deus, lendo e pondo em prática Sua Palavra, nada, mas nada mesmo, poderá nos abalar!

Sabemos que Deus nos ama com profundo amor e que Ele quer o melhor para nós!

Porém, em seu misericordioso amor, nos dá o livre arbítrio para escolhermos onde desejamos construir nossa casa, nossa família!

Deixa bem claro o outro lado da moeda e, nos versículos 26 e 27, descreve, com sabedoria e amor, as consequências daquele que opta em construir a casa na areia!

Ele afirma que a casa construída sobre a rocha resiste às chuvas, enchentes, ventos fortes; ou seja, todo tipo de ataques, visíveis e invisíveis, nada pode derrubá-la! Jesus mostra a fragilidade da casa construída sobre a areia e deixa claro que não resistem aos ataques, sejam eles quais forem.

Nessa Semana Nacional da Família, convidamos a todos a iniciarmos a reconstrução de nossas casas e fincá-las sobre a Rocha Firme, chamada Jesus.

Jesus não disse que seria fácil! “No mundo haveis de ter tribulações. Coragem! Eu venci o mundo.”Acrescenta, ainda: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim” (Mt 28-20). “Se Deus é por nós, quem será contra nós”(Rm 8, 31).

Se vivermos conforme as Escrituras, sempre em oração em família, nada poderá contra nós! Deus combaterá em nosso favor!

Irmãos e irmãs, por mais difícil que esteja o seu viver, não desista da sua família! Lute por ela! Ore por ela!

“É esta a grande missão da família: arranjar lugar para Jesus que vem, na pessoa dos filhos, do marido, da esposa, dos avós, porque Jesus está aí.” Papa Francisco Audiência Geral, 17 de dezembro de 2014.

Carlos e Cleusa Bombonati
Grupo de Oração Maria, Mãe de Deus- Diocese de Palmas e Francisco Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *