Congressos Eucarísticos

A Cidade e a Arquidiocese de Brasília-DF celebram seu Jubileu de Ouro. São inúmeros os eventos marcantes desta festividade. A própria Assembléia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil foi transferida para a Capital do País neste ano, em função da efeméride que atraiu para o Planalto Central a realização do XVI Congresso Eucarístico Nacional, nos dias 13 a 16 de maio. Já está projetado o altar-monumento que ocupará o gamado central da Esplanada dos Ministérios, lembrando uma grande tenda.

A idéia de realizar um Congresso Eucarístico nasceu em Lion, na França, em 1873. Maria Emilia Tamisier, em oração na capela do Mosteiro da Visitação em Paray-le-Monial – mesmo local em que duzentos anos antes santa Margarida Maria Alacoque tivera as revelações sobre o Sagrado Coração de Jesus – intuiu que “só a Eucaristia poderia mudar o mundo”. Contou com o apoio do padre Julião Eymard e do Papa Leão XIII para concretizar sua intuição. O 1º Congresso Eucarístico Internacional foi celebrado aos 28 de junho de 1881, em Lille, na França. Vários países tiveram oportunidade de sediar este evento. O 36º CEI foi realizado no Brasil, em 1955, no Rio de Janeiro.

O Congresso Eucarístico é definido como uma demonstração pública da fé pessoal, com implicações teológicas e espirituais, pastorais e missionárias, catequéticas e vocacionais, sociopolíticas e ecumênicas. O saudoso João Paulo II assim o caracterizou: “um grande evento eclesial que deve envolver cada Igreja particular, cada paróquia, cada comunidade religiosa e cada movimento eclesial. Todos devem sentir-se chamados a tomar parte no Congresso mediante uma catequese mais intensa sobre a Eucaristia e um sentido de adoração capaz de interiorizar a celebração do Mistério Pascal, com uma oração que transforma a vida toda numa oferta pela vida do mundo, segundo o exemplo de Cristo”. (João Paulo II, Roma, Jubileu do ano 2000).

Vejamos a seqüência dos Congressos Eucarísticos Nacionais (CEN): 1933: Salvador-BA; 1936: Belo Horizonte-MG; 1939: Recife-PE; 1942: São Paulo-SP; 1948: Porto Alegre-RS; 1953: Belém-PA; 1960: Curitiba-PR; 1970: Brasília-DF; 1975: Manaus-AM; 1980: Fortaleza-CE; 1985: Aparecida-SP; 1991: Natal-RN; 1996: Vitória-ES; 2001: Campinas-SP; 2006: Florianópolis-SC.

O XVI Congresso Eucarístico Nacional, que será celebrado em Brasília tem o seguinte tema: “Eucaristia, Pão da unidade dos Discípulos Missionários”. Este tema se inspira na V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe, que aconteceu em Aparecida em maio de 2007. Em Aparecida, apresentou-se a riqueza da existência cristã a partir deste binômio: discípulo-missionário. O discípulo missionário de Jesus Cristo se alimenta do Pão eucarístico, para que possa fortalecer-se na fé, na esperança e na caridade; para que não desfaleça por causa das dificuldades do caminho. A Eucaristia também gera a unidade da Igreja: Jesus Cristo, pelo Sacramento do seu Corpo e Sangue, cria a comunhão da sua Igreja, seu Corpo Místico.

O XVI CEN terá como lema bíblico o convite dos discípulos de Emaús: “Fica conosco, Senhor!” (Lc 24, 29). Esta frase revela a fome de Deus que se encontra no coração de cada ser humano. Ela nos mostra que sem Cristo não temos sentido da vida, não encontramos a felicidade autêntica, enfim, permanecemos numa assustadora solidão. O Congresso Eucarístico Nacional de 2010 tem o objetivo de proclamar a todo o Brasil a alegria da fé em Jesus Cristo realmente presente na Eucaristia e de convidar todos os católicos a crescerem na adoração, na devoção e no amor a Ele, nosso misterioso companheiro de viagem.