Entrevista com Dona Margarida

O Grupo de Oração Fonte de Vida não é um simples movimento a mais da igreja; é a própria igreja em movimento pelo poder do Espírito Santo

GO : Fala-nos um pouco sobre a senhora…
Dona Margarida:
Órfã de pais aos quatro anos de idade, fui criada por parentes muito rigorosos mas sempre dentro da religião Católica. Aprendi a fazer de tudo um pouco; não com professores mas, com o meu próprio esforço. E hoje façoqualquer tipo de trabalho. Viúva, mãe de quatro filhos e onze netos, sendo que duas filhas já estão na casa de Deus, os que restaram são a razão do meu viver.

GO: Como a senhora ficou conhecendo o GO Fonte de Vida?
Dona Margarida:
Conheci o grupo procurando algo a mais na casa de Deus e desde que conheci nunca mais abandonei.

GO: O que a senhora pensa sobre a atuação dos leigos no anúncio do evangelho dentro dos grupos de oração?
Dona Margarida:
Penso que os leigos também podem e quanto mais atuarem no anúncio do evangelho, mais fortalecerá a nossa igreja.

GO: Qual é o momento mais tocante para a senhora, em cada encontro do GO?
Dona Margarida:
O momento mais tocante é rever cada pessoa do grupo e sentir que ele está sempre aumentando.

GO: Conte-nos um momento forte da presença de Deus vivido pela senhora no grupo de oração.
Dona Margarida:
Momento de cura foram vários. Mas o mais forte foi a cura do meu braço que não podia movimentá-lo por causa da dor e na hora da oração eu fui curada e pude louvar ao Divinos Espírito Santo.

GO: Dona Margarida, muito obrigado pela entrevista. Deixe-nos uma mensagem…
Dona Margarida:
a minha mensagem é que se mais pessoas frequentarem um grupo de oração o mundo será e menos violento, porque enquanto lembrarem do Espírito Santo, não terão pensamentos negativos.

( Dona Margarida, com seus cabelos brancos, com sua fé é exemplo de mulher que busca a Deus e por isso, é verdadeiramente uma mulher forte. Ela é para nós um incentivo, uma prova de que quem quer buscar a Deus, não importa a condição, a saúde,-feiras o tempo vai atrás pois sabe que o encontrará. Todas as quintas é emocionante vê-la chegar com suas flores para ofertar a Nossa Senhora. Temos uma admiração e um carinho muito especial por ela, que é a vovó do nosso grupo. Agradecemos, louvamos e bendizemos a Deus pela vida da dona Margarida ).