Evangelho da Semana (Mateus 3, 13-17)

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo, 13Jesus veio da Galileia para o rio Jordão, a fim de se encontrar com João e ser batizado por ele. 14Mas João protestou, dizendo: “Eu preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?”

15Jesus, porém, respondeu-lhe: “Por enquanto deixa como está, porque nós devemos cumprir toda a justiça!” E João concordou. 16Depois de ser batizado, Jesus saiu logo da água. Então o céu se abriu e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como pomba e vindo pousar sobre ele.
17E do céu veio uma voz que dizia: “Este é o meu Filho amado, no qual eu pus o meu agrado”.

– Palavra da Salvação.
– Glória a vós, Senhor.

Hoje concluímos o ciclo do Natal, com a celebração do Batismo do Senhor.

Em tempos litúrgicos fortes como Natal e Páscoa, Advento e Quaresma, as comemorações, preparações e símbolos nos ajudam automaticamente a trilhar o caminho da fé.

Amanha começa o tempo comum, não menos importante que os outros, mas é um tempo de perseverança: O povo que experimentou a alegria do nascimento de Jesus, o Glória dos anjos na noite de Natal, a adoração dos pastores e dos reis magos ao Menino Deus… ou seja, nós que acreditamos que Jesus é o Filho Amado do Pai e nosso Salvador, vamos voltar às nossas atividades ordinárias, devemos retomar as nossas atividades diárias. E nesse tempo comum, somos convidados a espalhar a nossa fé… a proclamar as maravilhas que experimentamos e viver conforme os ensinamentos de Cristo, a quem celebramos.

E para podermos caminhar com segurança, celebramos esta festa de hoje: Jesus batizado assume publicamente sua missão. Como diz o profeta Isaias (Is 42, 1-4.6-7), Ele é Aquele que vem abrir os olhos dos cegos, tirar os cativos da prisão, livrar do cárcere os que vivem nas trevas… Ele é o justo… o Messias esperado. E é essa verdade que nos sustenta na caminhada e nos enche de esperança para continuarmos o caminho felizes!

Além da manifestação publica de Jesus, nós somos convidados a renovar as promessas do batismo. Já crescidos e conscientes somos convidados a sair de nossa casa (Galiléia), do nosso lugar seguro e de vontade própria, assumir a missão que o Senhor nos deu. Na renovação das promessas do batismo, somos convidados a renunciar o que nos afasta de nossa missão: ao pecado, a tudo que nos afasta de nossos irmãos e ao demônio (autor e princípio do pecado). Em seguida professamos nossa fé, afirmando de coração que cremos em Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo, que Cristo veio viver no meio de nós, sendo concebido no seio da Virgem Maria, foi morto, mas ressuscitou e foi elevado ao céu. Que cremos na Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna.

vQue a alegria e vida celebradas neste tempo de Natal, sejam consolo e força para vivermos na presença de Deus, no nosso dia-a-dia, no presente que Deus nos dá a cada dia! E que batizados e ungidos pelo Espírito Santo, busquemos cada dia mais as maravilhas da vida eterna!